slideshow 1 slideshow 2 slideshow 3

Mulheres camponesas se preparam para luta contra Reforma da Previdência

Domingo, 19 de fevereiro de 2017. 

 

O Movimento de Mulheres Camponesas do DF e Entorno reuniu, no PA Veredas II, cerca de 100 (cem) mulheres e homens de 5 (cinco) assentamentos do município de Padre Bernardo-GO para debater a proposta de reforma da previdência apresentada pelo governo ilegítimo de Michel Temer - Projeto de Lei - PEC 287/2016, que retira direitos das trabalhadoras e trabalhadores do campo e da cidade. 

 

MANIFESTO MOVIMENTOS DE MULHERES CONTRA A REFORMA DA PREVIDÊNCIA SOCIAL CONVOCAM LUTAS PARA O MÊS DE MARÇO DE 2017

“Nunca se esqueça que basta uma crise política, econômica ou religiosa para que os direitos das mulheres sejam questionados.

Esses direitos não são permanentes.Você terá que manterse vigilante durante toda a sua vida” Simone de Beauvoir

NOTA DE SOLIDARIEDADE AO PRESIDENTE LULA E SUA FAMÍLIA

Nós do Movimento de Mulheres Camponesas – MMC queremos manifestar nossos sentimentos de solidariedade ao presidente Lula e sua família neste dia em que Dona Marisa nos deixa e parte para a eternidade.

Dona Marisa, mãe e companheira. Mulher de fibra e coragem.

Mãe que acolhia em sua casa militantes, trabalhadoras(es) que compartilhavam sonhos de vida digna.

Mulheres debatem impactos da reforma da Previdência em suas vidas

O movimento de mulheres do Brasil, coordenado pelo Movimento de Mulheres Camponesas (MMC), pela Marcha Mundial de Mulheres (MMM), pela Articulação de Mulheres Brasileiras (AMB), Central Única dos Trabalhadores (CUT) e pela CONTAG realizaram nesta terça-feira (06), em Brasília, o Seminário “A Reforma da Previdência e as Mulheres Trabalhadoras! Mulheres organizadas e em luta!”, com o objetivo de discutir os impactos que essa reforma da previdência pode trazer para a vida das mulheres.

Páginas

Minga Informativa

Produção: MDA Comunicação Integrada